terça-feira, 16 de junho de 2009

Já perdi o ritmo

Faz hoje uma semana, estava eu e o Cédric a fazer as malas para abandonar Cracóvia!
Meu Deus, como tenho saudades daquilo. Chegada a Portugal pensava: "O que vou fazer agora?" Dormir até tarde nao posso,a minha mãe mata-me, se bem que, posso sempre dizer que a vida lá na Polónia foi dificil.

Imaginem que não vêm uma pessoa há muito tempo! O que lhe dizem?
Tudo, menos: "Então já tás cá?"
Ouvi isto de 90% das pessoas.
E lá com muito esforço, para nao chorar e mandar essas pessoas ali a Braga, respondo: " Pois é. É a vida. O que é bom acaba rápido, não é?!"
O pá, parece que estão a gozar.
Mas o melhor é ouvir: " Então tás boa? Tás mais gorda?"
DASSEEEE.... E quê...Eu, mais gorda? " Não, deve ser do cabelo.A minha mãe continua a dizer que tenho as medidas de uma manequim, por isso.... ".
Mas o mais engraçado é que so as "gajas" me dizem isso, bom.....
A verdade é que detestei regressar cá.
Gostei de ver os meus amigos, obviamente,mas está tudo tão diferente. Sinto-me "deslocada".
QUERO VOLTAR....
Uma semana depois do regresso, posso adiantar-vos que o balanço que faço desta semana é negativo. Ah, tirando aquela tarde de Domingo bem passada no Porto na companhia de boas pessoas ( Cédric, Estefania,Carlos e Vasco). Temos de repetir.

sábado, 13 de junho de 2009

Fim?

Cracóvia...até já!



Erasmus foi bom, muito bom!



Acho que este blogue acabou agora a sua missao...mas calma! irá ser reactivado quando nos inscrevermos nos programas leonardo da vinci, comenius, socrates e erasmus Mundus! =DDD



Por enquanto so posso adiantar a informacao de que so temos destino para erasmus mundus...Azerbaijao ou Arménia!

Relativamente à votação, a perdedora(a Angela) terá de pagar um jantar à vencedora (Ana),e esta pode levarconsigo um acompanhante (Cédric). Por isso, oupa Angela toca a mexer e a abrir os carteira...
Parabéns Ana és a maior....Até Cracóvia chora agora pela tua ausência, como tu(Ana) choras por ela e pela falta que ela te faz...

Cracóvia-Viena-Budapest

Cracóvia-Viena
Depois de 10h de viagem chegamos a VIENA!

Com a ajuda de um polaco que nos pagou o bilhete de metro chegamos ao centro…o nosso hostel ficava mesmo mesmo ao lado de uma rua que parecia talvez Milão ou Madrid, isto as 5h da manha, porque quando passamos lá de tarde parecia Nova Iorque ;D

Viena…cidade perfeita…limpa, organizada, moderna etc etc

Hostel? Labyrinte hostel…supostamente íamos ficar num quarto de 24 pessoas mas felizmente
não estava cheio e eramos cerca de 12. O quarto metia medo. A mha cama chiava de forma estranha mesmo quando eu parava de respirar! Só tínhamos uma janelinha para arejar…enfim…ainda bem que só ficamos uma noite!

Lá fomos nós a procura da famosa roda gigante de Viena…caminhamos… caminhamos… caminhamos (para não pagar o bilhete de metro claro)…caminhamos e CHEGAMOS! Quanto custa andar na roda gigante?

Cedric: 9!
Ana: euros?!
Cédric: acho que é muito…
Ana: eu também…

(depois de ficarmos com cara de burros com lágrimas nos olhos a olhar para a tabela durante uns 2minutos demos meia volta)

Ana: olha! 4euros!!
Cedric: Montanha russa? Bota!

(a Ana foi 89% da viagem de olhos fechados e toda aninhada e eu 100% da viagem com um riso de quem se ia mijar todo)

Nota: peço aos nossos leitores para não proferir as palavras Montanha russa perante a Ana porque o coração dela pára…literalmente! E ninguém quer que seja de vez! ;D

Viena encontra-se no nosso top de cidades em segundo lugar(1º-Cracovia claro). Pois é…esta a frente de Moscovo e Istambul!

Nesses dois dias conseguimos atacar 2jardins num só dia!(atacar=repousar=fechar os olhos uns breeeveeesssssssss momentos)

Viena de noite? LINDO!

Queríamos visitar o museu da princesa Sissi…mas eram 8euros… =/ acabamos por passear mais um bocadinho e descansar uns minutos nas escadas da Universidade de Viena e acabamos por assistir a um espectáculo muito bizarro mas engraçado de coreanos a dançar e sinceramente…não sei qual foi o mais interessante e mais culto…se foi a dança ou o museu!

video

Viena – Budapest

Chegamos as 23h…

Hostel? Hostel Barocco: um bocado afastado e num prédio muito manhoso mas lindo! Quarto de 12pessoas e para variar é TUDO IKEA! TUDO! do tampo da sanita à colher de chá!

Aproveitamos para visitar um bocadinho logo nessa noite e fomos ao Covintento(ou Corvintento)…aspecto muito retro sujo lol! Fica num prédio muito antigo e tem acesso ao telhado com um terraço/bar que adorei!

Dia seguinte? Português que é português vê os outros a acordar as 7h/8h/9h mas fica na cama até as 11h! =p

Budapest…sujo, cinzento e tudo ao monte mas gostamos na mesma!

Um lado Buda outro Pest…Buda muito mais giro!

Buda é limpo, tem verde e muito mais sossegado, fomos a citadela…um monte com vista para a cidade toda…quase que morríamos de tanto subir!

Budapest de noite é LINDO! Mas por questões ambientais(so pode) desligam os holofotes a 1h da manha e depois a cidade não sabe a naaaada!

Entramos num espaço verde que podemos bem comparar ao parque da cidade (do Porto, não de Guimarães Ana!! que chata...). Vimos uns bolos húngaros e pensamos…vamos provar va! Pagamos cerca de 3euros cada um para uns 6bolinhos…comemos um e provamos 3 cada um, resultado? comer muitos mentos para o sabor passar!

Next? Famosos banhos budapestianos! Pagamos 10euros para tomar banho! Mas tomamos banho em várias piscinas…depois de andar de um lado para o outro, provar de todas e não gostar de nenhuma encontramos uma pequenina vazia… VAMOS NESTA ANA!! Entramos a correr e saimos a quase a voar! GELADA! Depois descobrimos que também existia piscina de exterior aquecida. Mas a melhor foi com certeza a de 38ºC =D

Cédric

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Entre Portugueses, Espanhóis e Brasileiros....

É verdade meus amigos.... em cada canto do mundo há um tuga.

Há cerca de 3 semana, numa das nossas (Ana e Cédric) noites pelo Kitsch (melhor disco polaca), encontramos uma montão de tugas.
Obviamente, antes de ir para a discoteca, vamos sempre fazer um reconhecimento à área e aos sumos polacos. Então, estávamos os dois, num bar já nosso conhecido, o Pausa (muito engraçado por sinal), quando nos sentamos numa mesa, onde estava um rapaz, pensávamos nós que fosse polaco. Falávamos em português e, felizmente, naquela altura estávamos a comentar os quadros, porque o nosso costume é criticar tudo e todos. No entretanto, chegam uns amigos desse mesmo rapaz a falar em português, e lá metemos conversa com eles.
São de várias partes Portugal (Braga, Lisboa, Coimbra, Évora e Portalegre), e estão a fazer erasmus na Republica Checa. Vieram a Cracóvia para passar um fim-de-semana, e como típicostugas que somos, fomos para a noite com eles.; 1º Prosak, depois Kitsch.

Já no Kitsch, estava eu a falar com as duas raparigas Portuguesas, quando ouço dois rapazes, também eles portugueses, a dizer uma para o outro:
-" Vamos falar com esta menina."
Vieram abordar-me da seguinte maneira:
-Hello, ahoj (checo), czesc (polaco), olá....
Ao qual eu respondi:
-" Olá".
Ficaram surpresos...LOL
-"Sim sou portuguesa".
Estes dois jovens também eram estudantes erasmus da Rep. Checa, mas não da mesma faculdada dos outros.
Nomes???? Já não me lembro.
Nessa noite, posso garantir-vos, que o kitsch estava cheio de TUGAS... senti-me em casa. 
Uma boa noite, tanto que, saímos de lá às 5h... o mais tarde que chegámos a casa, é verdade....LOL

Este fim-de-semana, mais uma vez para o Kitsch, óbvio....
Eu já consigo distinguir os polacos dos estrangeiros. 

Passava pessoal por nós que tinham uma cara muito familiar. Mas eu como sou uma pessoa muito "anti-social" não meti conversa, mas o Cédric concordava comigo. "Aqueles devem ser portugueses". E uma maneira de descobrir é a maneira como se dança. Os polacos parecem aqueles bailarinos dos videoclips, muito energéticos e ocupam um diâmetro de 25 centímetros para se puderem mexer à vontade.
Um deles, veio ter comigo para me pedir isqueiro, mas em inglês...
Eu aproveitei e perguntei se era polaco. Não!... Era brasileiro e estava de erasmus em Berlim. Estavam mais com ele mas gostei tanto dele que fiquei na conversa.
No decorrer da noite, fiquei sem tabaco. Vou fazer o que os polacos me fazem, CRAVAR....
Foi o primeiro que me apareceu, mas não tinha tabaco.... Mas prontificou-se, de imediato, a arranjar um pra mim. Como agradecimento perguntei de onde era. Era espanhol....LOL
Estava de erasmus em Itália, e também decidiu vir cá. Era um grupo de 10 ou mais.... é sempre bom ter visitantes, mesmo que este não sejam o meu país, sinto-me um bocadinho em casa. Não é que eu não goste disto, atenção, na verdade eu não quero é ir embora, mas é mesmo muito bom ter pessoal cá.
Desta vez a noite acabou às 7h da manhã... Cédric foi a nossa melhor noite (por razões confidenciais)....LOL
Posso dizer que fui, ou melhor, fomos expulsos do Kitsch; eles queriam fechar e nós lá a curtir coldplay no fim da noite...
Que susto...O sol já vai alto, e mal conseguia abrir os olhos.... Decidi dar um passeio pelo centro. Não é que não o conheça bem, mas na verdade, a beleza é tanta que nunca me canso de lá estar. Estava já muita gente nas ruas.
Cheguei à residência por volta das 10h30m. 

Para não quebrar o ritmo, domingo à noite também é dia para sair.... É preciso queimar os últimos "cartuxos".

Fomos até um café muito engraçado e com muito bom ambiente, no centro da cidade. Por volta das 00h30m decidimos ir em busca de um sitio com boa música. 
Uma menina na rua entregou-nos um cartãozinho e disse que tínhamos desconto... Ora bem, é um chamamento... vamos.

DIVA.... uma disco muito boa, com boa música também (house), e um espaço muito moderno, bem ao jeito a que estamos acostumados lá em Portugal.

Para não variar, encontrámos espanhóis, mas decidimos não falar.... "sempre arroz também cansa". 
Gostámos muito daquele espaço, e com certeza, havemos de voltar....
Já a caminho de casa, iam a passar três jovens, do qual um deles, virado pra mim e para o Cédric, diz algo do género " uma rosa e mil beijos".... E eu respondi: "para ti também".... LOL
Português, de Lisboa, a tirar o mestrado na Holanda, e de visita pela cidade. Simpático, mas a conversa durou uns cinco minutos. Ele estava acompanhado por dois rapazes não portugueses e não muito sóbrios...

E assim foi um grande fim-de-semana.
Sem esquecer a despedida da Marina da Letónia (acho), na quinta-feira,  e os anos do nosso querido Heitor(Espanhol) na sexta-feira....

Um beijo e até breve...
Ana 

domingo, 24 de maio de 2009

=D

Meus amigos, ontem tivemos uma das melhores noites das nossas vidas! e só acabou porque a discoteca queria fechar ;D


sexta-feira, 22 de maio de 2009

Pieniny (com introdução)

Sexta-feira dia 15 de Maio, depois de levar a Angéla a paragem de autocarros para Budapest as 23h00 por já ser muito tarde decidimos ir directos ao Kitsch (discoteca com mau ambiente mas engraçada por isso mesmo e só por ter coluna a Ana adora ir lá).

Fomos Mas com UMA CONDICAO:"vamos, mas voltamos cedo porque amanhã temos de acodar as 5h30 para ir para Pieniny!!"

Claro que quando se bebe muito sumo polaco perde-se a noção do tempo...Por volta das 3h30 tive de pedir com urgência a Ana para irmos embora (por motivos secundários). Lá nos enfiamos no bus a caminho de casa, mas foi a vez da Ana pedir com urgência (por motivos secundários) para sair do bus...Estávamos a cerca de 3km(ou mais) da cama e muito conscientes decidimos ir a pé...demoramos o dobro do tempo a chegar (por motivos secunários).
Pelas 4h30 aterramos na cama para acordar as 5h30. Devido ao sono pesado de ambos só
acordamos as 6h30...e tinhamos de apanhar o bus as 6h45...foi CORRER, HIGIENE ESSENCIAL, AINDA FAZER A MOCHILA, VESTIR, APANHAR UM BUS, MAIS O ELECTRICO...para estar as 7h10 na paragem de autocarros principal.
Lá fomos nós e mais outros erasmus (assim como a coordenador erasmus mais a Ania(natural de Pieniny) mais a Magda (porque lhe apeteceu acho eu))

Viagem (escrito por Ana):
"A Ana como é muito inteligente e responsável decidiu tomar o pequeno-almoco, uma coisa muito leve, pois o sumo polaco cai sempre mal no estômago. Já o cédric estava muito enjoado, nao conseguia comer nada.
Conclusão:o cédric teve de pedir ao motorista para parar o autocarro (dos grandes). A Ana ia a dormir e o cédric teve de acorda-la para ela o ajudar, segundo ela estava ele BRANCO e a suar (desta vez efeito das curvas...sabem como é a montanha...)
Tivemos que trocar de autocarro por um mini-bus. Mais uma vez, o cédric sentiu-se mal, parecia um morto vivo, tudo devido às curvas e teve dir no lugar da frente com a janela aberta.


1ºDia:
Passado em casa da Ania a descansar e beber chá. Pela tarde fomos dar um passeio de barco de 2h20min em que um lado estava a Polónia e do outro lado do rio Eslováquia...já estavamos fartos de ver monte e apanhar com chuva...O "guia"(muito patriota) fartou-se de elogiar a Polónia e o sítio:
"esta paisagem é a mais verde do mundo"
"esta paisagem é nao-sei-o-quê melhor do mundo"
tantas vezes que acabou por ser a piada do fim-de-semana
tudo o que era polaco era o melhor do mundo claro



                                                                                                                                                                                                                                                  ...de Volta a Kroscienko(onde mora a  Ania). Fomos comer o melhor gelado de amoras do mundo(segundo a Ola) apesar da chuva =D. Dos erasmus todos fomos os únicos que decidiram ficar até Domingo. Convidados pela Ania, jantamos em casa dela. As 22h ja estavamos a entrar no sono profundo.



(ficamos num quartinho por ~8euros que com muito orgulho o tratamos como a nossa própria casa)















2ºDia:
Pequeno-almoco as 9h30 e pelas 11h30/12h00 rumo ao pico mais alto do parque nacionl Pieniny, Trzy Korony.Desta vez apanhamos calor e sol...um dia impecável. No pico...vista formidável. Comemos do melhor queijo do mundo. De volta a aldeia...la foi outro gelado com certeza!










  As 17h00 entrar no autocarro e voltar para Cracóvia...fim de semana acabado...

sexta-feira, 15 de maio de 2009

1ºAula de Português

Pois é meus amigos, vida erasmus nao é so borga como toda a gente pensa...

Hoje demos a nossa primeira aula de portuguê a polacos.

Polacos estes que estudam línguas espanhol/italiano e que alguns irão se calhar erasmar para Portugal.

Não posso começar a falar da aula sem antes falar da aventura de encontrar a escola sem mapa:
La fomos nós meia hora mais cedo a procura da rua
únicos dados:
"um predio muito grande na rua Podchorazych.
o predio é amarelo-azul.
fica numa esquina, com a rua Krolewska"

...la fomos nós todos contentes de electrico ate ao meio da rua Krolewska...
fomos po lado direito
caminhamos
nada
até que : "pah, vamos po lado esquerdo que ali fica a nossa faculdade e nao pode ser mais longe"
(lá fomos nós ate a ponta esquerda da rua(de electrico claro))


e...
nada!

perguntamos: fico po lado esquerdo sim!
perguntamos:no english
perguntamos: frente frente frente!
la voltamos nós po lado direito
meio electrico meio pernas


Olhamos para o cruzamento e tudo batia certo...chegamos?
sim...nao é que que o sítio onde iamos dar aula é na NOSSA facudade!
...
Tema da aula: Gastronomia Portuguesa (é mais complicado do que parece, mas tão interessante quanto soa... ... ...)


La falamos de comida típica de Portugal...

nao gostaram de saber que um balde de cerveja (0,5L) em Portugal é igual ao copo de cerveja normal Polaco que pedes em qualquer sítio.
entao quando lhes falei da mini...xiiii
=D
acharam estranho misturar-mos coco cola ou 7up ou groselha na cerveja.
e também aos caracois do centro


Aula que é aula tem exercícios! uns deles sobre como pedir num restarante...
Não contive o riso quando uma polaca disse que queria almoçar bacalhau com baRatas cozidas!

E, pronto, foi só isso, dentro do geral correu bem...